Conheça 3 tipos de concreto e suas aplicações na construção civil

Todo projeto de construção depende da qualidade do material utilizado para criar uma estrutura forte e estável. Isso começa com a escolha de qual tipo de concreto será utilizado, sendo que as propriedades e a aplicação vai variar de acordo com os materiais utilizados para sua confecção e suas respectivas quantidades.

Listaremos abaixo 3 tipos de concreto que são tendência no mercado da construção civil, destacando suas características e aplicação. Confira!

1. Concreto pré-fabricado

O pré-fabricado é um dos tipos de concreto que vêm crescendo muito no mercado nacional pela facilidade e rapidez que proporciona à obra. Caracteriza-se por ser fabricado de acordo com a necessidade de projeto em um local fora da obra, para onde é transportado e instalado posteriormente.

Diferencia-se do concreto pré-moldado, pois passa por um controle de qualidade mais rigoroso, sendo avaliado em todas as etapas de sua fabricação, armazenamento, transporte e uso final.

Apresenta grandes vantagens, como a redução de custos com mão de obra, pois a instalação é simplificada, além da redução do tempo total de construção, permitindo que outras tarefas sejam realizadas simultaneamente à fabricação. Do ponto de vista ambiental, possibilita a diminuição de resíduos de materiais no canteiro de obras, tornando esse concreto uma solução ágil e sustentável.

2. Concreto auto-adensável

Esse concreto apresenta elevada fluidez e é muito deformável no estado fresco, o que lhe confere propriedades diferenciadas como preencher espaços das fôrmas, passar por restrições e resistir à segregação. Além disso, não aprisiona excesso de ar na mistura e elimina o custo de vibrador para adensamento.

Para que seja considerado auto-adensável, deve passar por alguns testes de laboratório no estado fresco e satisfazer os requisitos mínimos necessários. Dessa forma, os engenheiros avaliam as propriedades através de ensaios como espalhamento e segregação para que o concreto auto-adensável apresente alta qualidade.

As vantagens desse material estão em sua aplicação rápida, diminuição dos custos com mão de obra e menos probabilidade de falhas estruturais. Por essas razões e outras mais, o CAA é cada vez mais utilizado, tanto em aplicações diretas no local como nos setores de pré-moldados e pré-fabricados.

3. Concreto sustentável

O concreto sustentável substitui até 70% da areia natural por areia de fundição, resíduo do processo de fabricação de moldes de peças metálicas. Também substitui toda a pedra por escória de aciaria, resíduo da produção de aço, além de reduzir substancialmente o uso de água. Por essa facilidade em conseguir a matéria-prima, há economia no custo de produção.

O uso deste produto contribui com o meio ambiente, evitando o descarte de resíduos e a não-extração da areia direto do meio. O concreto convencional é feito na maioria das vezes com areia retirada do leito de rios, podendo causar uma série de impactos ambientais, como a assoreação.

Esse concreto não pode ser utilizado para fins estruturais por sua resistência inferior, porém é muito aplicado em calçadas, pavimentação e outras áreas que não exigem tanto esforço.

São várias as aplicações desse material tão importante para a construção civil. É essencial que as empresas do ramo conheçam os diferentes usos e propriedades disponíveis e como eles impactam na qualidade final do projeto.

Quer se manter informado sobre as novidades desse mercado, assine a nossa newsletter!