As intensas mudanças que vêm ocorrendo no ensino não estão refletindo somente na forma de lecionar, mas também na arquitetura das escolas! Para acompanhar todo esse processo de redefinição e evolução dos conceitos, estão sendo feitas alterações, com o intuito de fornecer um ambiente que estimule cada vez mais o aprendizado dos alunos.

Assim, a arquitetura escolar caminha com o intuito de realizar mudanças significativas para tornar o ambiente mais seguro, agradável e confortável para os alunos. Porém, ainda existem muitos desafios a serem enfrentados, é preciso tornar os projetos mais humanizados, mas sem deixar a aprendizagem de lado!

Quer saber mais sobre a arquitetura de escolas do futuro? Então continue sua leitura!

Projetos que inovaram a arquitetura de escolas

Ainda são muitos desafios a serem enfrentados, mas nem tudo está perdido: já existem alguns projetos que servem de modelo para as escolas do futuro! Um exemplo desse tipo de obra é a Saunalahti School, localizada na Finlândia.

O projeto desenvolvido tem o objetivo de proporcionar aos alunos, em todo o período escolar, um ambiente  diferente, para que eles sintam vontade de permanecer no local e desenvolvam o interesse pelo estudo.

O local se assemelha a um museu e possui diversas áreas para lazer, como academia, oficinas, cafeteria e teatro, mudando todo o conceito de arquitetura escolar. Essa estrutura permite que os alunos se sintam mais à vontade no ambiente, e gostem de estar nesse local, facilitando o ensino e aprendizagem.

Iniciativas sustentáveis são fundamentais

Agora que você já sabe que essa ideia tem um futuro promissor pela frente, que tal entender como isso pode ser feito? Mudar os ambientes escolares não é um projeto somente na área da tecnologia, mas há também um anseio em integrar esses locais com o meio ambiente — as chamadas escolas verdes.

Nesse segmento, a arquitetura das escolas não seria somente focada em espaços mais modernizados, mas também sustentáveis. Assim, aproveita-se a luz e ventilação natural, com o intuito de obter maior conforto térmico/ambiental, além de proporcionar economia de energia.

Outro grande diferencial nesse tipo de projeto é a integração com a vegetação nativa, que está presente em todos os locais da escola, especialmente na área externa, permitindo que os alunos tenham um lugar para relaxar. Isso faz com que as escolas se tornem locais mais agradáveis para os alunos, além de formar cidadãos mais conscientes e envolvidos com as questões ambientais.

O que o mercado tem exigido da arquitetura de escolas?

As expectativas para as escolas do futuro são animadoras! Isso acontece pois essa mudança torna o ambiente escolar um local mais agradável para os alunos, que passam a sentir prazer em estudar, além de ter um novo conceito sobre a importância da preservação do meio ambiente — o contato diário facilitará esse entendimento.

Assim, com a arquitetura do futuro as escolas formarão não somente alunos mais atentos a questões ambientais, mas também profissionais mais críticos e focados, pois eles terão aprendido a se interessar pelos estudos e pela busca de conhecimento contínuo!

Percebeu como a arquitetura de escolas do futuro é essencial para o sucesso dos alunos? Você tem alguma dúvida sobre o assunto? Então não deixe de compartilhar com a gente nos comentários!